Skip to content

Trem do Samba – Central do Brasil e Oswaldo Cruz

2 de dezembro de 2010

 

Em comemoração ao Dia Nacional do Samba, 02 de Dezembro, partirá o famoso Trem do Samba. Já na sua 15ª Edição, o evento começa com shows na Central do Brasil e depois vai levar os foliões de trem pra Oswaldo Cruz, e o mais importante: sem interromper o samba, em cada vagão, um grupo fazendo a festa!! Lá em Oswaldo Cruz muitas rodas de samba, blocos e ainda tem a Feijoada da Portela, que acontece todo primeiro Sábado do mês à partir das 13:00.

Nesses tempos de tensão no Rio de Janeiro, após uma semana conturbada, nada melhor do que juntar todo mundo em torno do que o Rio tem de mais acolhedor e caloroso: o Samba! Do texto que descreve o evento, que já é de outras edições, fica mais atual do que nunca a mensagem:

Nas três últimos anos do projeto o público presente ultrapassou a marca de 210 mil pessoas, que se divertiam nas ruas do barro de Oswaldo Cruz, sinônimo do bom samba. O que mais orgulha os organizadores é que nestes 11 anos não foi registrado sequer um acontecimento que colocasse a segurança do público  em risco. Em todas as suas etapas o que mais imperou foi  harmonia e a boa música aliada a alegria e irreverência do povo brasileiro.

A cada ano o “TREM DO SAMBA” tem recebido um número impressionante de turistas estrangeiros e de outras cidade brasileiras. No dia 02 de dezembro, dia nacional do Samba, o muro que separa social e culturalmente a Zona norte da Zona Sul do Rio, é quebrado com a força da cultura  musical e da cordialidade que são produzidas no subúrbio carioca e, em especial, no Bairro de Oswaldo Cruz.

  • Quando? 02 e 04 de Dezembro, Quinta e Sábado

  • Quanto? Grátis

Pra pegar o trem: Ou 1kg de alimento não perecível ou a passagem normal de R$ 2,50

  • Onde? Central do Brasil e Oswaldo Cruz

 

Programação Completa

2 de Dezembro, Quinta às 19:00

Shows na Central do Brasil

Marquinhos de Oswaldo Cruz, compositor e idealizador do evento, recebe

Velha Guarda da Portela

Velha Guarda do Império Serrano

Jongo da Serrinha

Mauro Diniz

Serginho Procópio

Renatinho Partideiro

 

4 de Dezembro, Sábado às 19:00 à partir das 11:00

Shows na Central do Brasil e Trens pra Oswaldo Cruz

Na Central

Marquinhos de Oswaldo Cruz receberá

Wilson Moreira

Nelson Sargento

Velhas Guardas da Portela, Império Serrano, Mangueira, Salgueiro e Vila Isabel

Bateria do Mestre Faísca

3 Trens pra Oswaldo Cruz (13:30, 14:00 e 14:30)

1º Trem – Saída: 13h30 (Plataforma 2B)

Carro 1 – Bloco dos Cachaças
Carro 2 – Pagode do Renascença
Carro 3 – Pagode do Nelsinho e da Wilma
Carro 4 – Clube do Samba
Carro 5 – Bloco Manga Preta
Carro 6 – Embaixadores da Folia
Carro 7 – Cacique de Ramos
Carro 8 – Democráticos de Guadalupe

2º Trem – Saída: 14h (Plataforma 2A)

Carro 1 – Grupo Autonomia
Carro 2 – Bateria do Mestre Faísca
Carro 3 – Pagode do Sambola
Carro 4 – Parados na Ponte
Carro 5 – Bip Bip
Carro 6 – Pago do João

3º Trem – Saída: 14h30 (Plataforma 2A)

Carro 1 – Grupo Nossa Arte
Carro 2 – Bip Bip
Carro 3 – Locomotivas do Samba
Carro 4 – Grupo Senzala
Carro 5 – Agenda Samba Choro
Carro 6 – Criolice
Carro 7 – Galeria Velha Guarda da Portela
Carro 8 – Grupo Regente

Lá em Oswaldo Cruz

São Três Palcos e Várias Rodas de Samba Espalhadas pelo Bairro

Palco ao Lado da Via Férrea

Noca da Portela, Delcio Carvalho e o Pagode da Tia Doca

Palco da Rua Átila da Silveira

Homenagem ao Cacique de Ramos com Partideiros do Cacique e Sombrinha, além das apresentações de Toninho Gerais, Tia Surica e Zé Luiz do Império

Palco da Praça Paulo da Portela

Descendo a Serra, Ari do Cavaco, as Velhas Guardas do Império Serrano, Salgueiro, Mangueira e Vila Isabel.

Neste palco, Marquinhos de Oswaldo Cruz e a Velha Guarda da Portela darão o grande fecho ao evento.

 

Agradecimentos pro pessoal da Agenda Samba Choro pelas informações!

Nas três últimos anos do projeto o público presente ultrapassou a marca de 210 mil pessoas, que se divertiam nas ruas do barro de Oswaldo Cruz, sinônimo do bom samba. O que mais orgulha os organizadores é que nestes 11 anos não foi registrado sequer um acontecimento que colocasse a segurança do público  em risco. Em todas as suas etapas o que mais imperou foi  harmonia e a boa música aliada a alegria e irreverência do povo brasileiro.

A cada ano o “TREM DO SAMBA” tem recebido um número impressionante de turistas estrangeiros e de outras cidade brasileiras. No dia 02 de dezembro, dia nacional do Samba, o muro que separa social e culturalmente a Zona norte da Zona Sul do Rio, é quebrado com a força da cultura  musical e da cordialidade que são produzidas no subúrbio carioca e, em especial, no Bairro de Oswaldo Cruz.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s