Skip to content

Curso e Mostra com 59 filmes de Hitchcock no CCBB!

23 de maio de 2011

Atualizado em 02/06

O mestre Hitchcock será homenageado em uma mostra que exibirá 59 de seus filmes no CCBB, de 1º de junho a 14 de julho! Além dos filmes, será oferecido um curso – também gratuito 😮 – dividido em 6 módulos, que abordará diversos aspectos da sua obra (confira o programa completo abaixo). As inscrições para o curso já estão abertas e os interessados podem se inscrever no site da mostra, até 31 de maio – encerraram antes do prazo 😕 – clicando em atividades -> cursos e preenchendo o formulário que irá aparecer (link para o site da mostra).

Cada módulo do curso será ministrado por um professor diferente, todos altamente qualificados, em duas aulas às terças e quartas das 14 às 16h. O curso começa no dia 7 de junho e vai até 13 de julho e quem frequentar 75% das aulas ainda receberá um certificado. O programa completo você pode conferir abaixo.

A programação dos filmes acabou de ser disponibilizada no site da mostra. Além dos 59 filmes, também serão exibidos 127 episódios de séries de TV. Já é tempo de começar a montar sua seleção no meio de tantas opções!!

Acho quem gostou desse programa também vai gostar do Curso e Mostra: A História da Filosofia em Mais 40 Filmes e 40 Aulas Gratuitos! que eu divulguei esses dias aqui no RioCult. Aliás, o prato está cheio pra quem gosta de cinema!! E devo observar que, nesse caso, “there IS free lunch!” 😀

 

  • Quando?

Mostra: 1º de Junho a 14 de Julho

Curso: 7 de Junho a 13 de julho (Inscrições: encerradas*)

Aulas às terças e quartas das 14 às 16h.

*As inscrições pro curso foram encerradas antes do prazo informado, que era até o dia 31/05. Falta de seriedade, pois havia limite de vagas e não de inscrições, que são coisas bem diferentes 😕

  • Quanto?* CINEPASSE: R$6 e 3 (meia) para TODA a mostra mediante senhas retiradas 30m antes do espetáculo.

*O CCBB tinha divulgado que era gratuita, mas agora está escrito que tem que comprar o cinepasse que vale para TODA a mostra e custa R$6 e 3 (meia). Quase de graça!

Para o curso, é necessário se inscrever no site da mostra, até 31 de maio, clicando em atividades -> cursos e preenchendo o formulário que irá aparecer (link para o site da mostra). Vagas limitadas.

 

Programa Completo do Curso

Seis módulos semanais de duas aulas (terças e quartas, de 14h às 16h)

Módulo 1 – 7 e 8 de Junho – Hitchcock e as tramas do olhar entre gêneros

Professor: João Luiz Vieira

Ementa: Duas aulas-conferência que exploram a consciência bastante particular de Hitchcock em relação às demandas industriais do sistema de estúdio e a eficácia narrativa dos gêneros cinematográficos. Hábil manipulador das emoções da plateia, Hitchcock soube ampliar (e ao mesmo tempo driblar) convenções de linguagem que centralizaram os diversos olhares formadores de um cinema no século passado.

João Luiz Vieira é pesquisador, crítico, conferencista e professor doutor do Departamento de Cinema e Vídeo e do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Federal Fluminense.

Módulo 2 – 14 e 15 de Junho – Psicologia e relação com a sociedade em Hitchcock

Professor: Hernani Heffner

Ementa: A galeria de personagens neuróticas, atormentadas, obsessivas, psicóticas, paranoicas, assim como a didática aplicação das ideias e teorias de Sigmund Freud quanto ao comportamento humano, sempre fez parecer que Alfred Hitchcock dava profunda atenção à composição psicológica de suas obras. Contraditoriamente, tal psicologia pouco avançava para além de esquematismos e estereótipos, traindo uma concepção irônica e abismada no jogo de espelhos com os espectadores. O que então impulsionava essas personagens: as pulsões ou as “forças” da sociedade e do destino?

Hernani Heffner é Conservador-Chefe e Curador assistente da Cinemateca do MAM, dá aulas na PUC-Rio e CINETV/FAP-PR e é Curador do Festival Cine Música.

Módulo 3 – 21 e 23 de Junho – A visão à punhalada: Hitchcock e a estética do crime

Professor: Tadeu Capistrano

Ementa: Apresentaremos as relações entre o cinema de Hitchcock e a estética do crime a partir das discussões modernas em torno “do assassinato como uma das belas artes”, conforme declarou Thomas de Quincey. Através de filmes, ensaios e entrevistas de Hitchcock, analisaremos como o crime se tornou um eixo vertiginoso para as articulações entre arte, filosofia e cinema, bem como a apropriação de sua obra por artistas contemporâneos. Veremos ainda o diálogo da estética hitchcockiana com os discursos da criminologia e vertentes da literatura e das artes visuais que fizeram de crimes – e corpos – o cenário de suas experimentações artísticas e cogitações filosóficas.

Tadeu Capistrano é professor do Departamento de Teoria e História da Arte e do Programa de Pós-graduação em Artes Visuais da UFRJ. É doutor em Literatura Comparada pela UERJ, onde desenvolveu tese sobre cinema e modernização da percepção com o apoio do CNPq e da Columbia University.

Módulo 4 – 28 e 29 de Junho – Hitchcock e a experimentação

Professor: Pedro Butcher

Ementa: A obra de Alfred Hitchcock atravessou momentos cruciais da história do cinema, como a passagem do silencioso ao sonoro, a chegada da cor, o “primeiro” 3D e o impacto da televisão. Mas o cineasta jamais se deixou acomodar, desenhando uma trajetória marcada pela inquietação e pela vontade de experimentar novos meios, técnicas e possibilidades de linguagem. Nesse módulo, vamos abordar a vocação experimental de Hitchcock com foco nos filmes Os 39 degraus, Festim diabólico, Disque M para matar, Um corpo que cai, Psicose e Os pássaros.

Pedro Butcher é formado em jornalismo, com passagens pelo Jornal do Brasil, O Globo e Veja Rio. Em 2006, concluiu mestrado na Escola de Comunicação da UFRJ, sob orientação de Consuelo Lins. Tem textos publicados nas revistas Cahiers du Cinéma e Cinemascope. Atualmente, edita o site Filme B, especializado no mercado cinematográfico brasileiro.

MÓDULO 5 – 5 e 6 de JULHO – Estilo, forma e moral no cinema de Hitchcock

Professor: Ruy Gardnier

Ementa: As duas aulas pretendem analisar o modo como Hitchcock utiliza seus modelos narrativos e explora as implicações morais dos gêneros com que trabalha, em especial os thrillers paranoicos. A construção da forma cinematográfica – estilização geométrica, ritmo, decupagem – e suas implicações expressivas, associadas às inquietações recorrentes do cineasta, em especial a ideia do “homem errado” e a relação homem/mulher, também serão abordadas.

Ruy Gardnier é fundador da revista eletrônica de cinema Contracampo e editor do blog coletivo de música Camarilha dos Quatro. Pesquisador do Tempo Glauber e crítico de cinema do jornal O Globo. Foi curador de mostras sobre Rogério Sganzerla e Julio Bressane, e editou os catálogos das mostras “John Ford” e “Revisão do Cinema Novo”, entre outros.

Módulo 6 – 12 e 13 de Julho – A América de Hitchcock

Professor: Fernando Toste

Ementa: Partindo da crônica da vida cotidiana e de uma arguta observação de seus desvios, a obra de Alfred Hitchcock erigiu um espaço mítico que contribuiu decisivamente para a construção de um imaginário norte-americano da segunda metade do século XX. Dos grandes monumentos aos motéis de beira de estrada, dos campos aos subúrbios das grandes cidades, surge um cenário de sonho e pesadelo, um palco que reflete as intensas transformações sociais e psicológicas vividas por uma nação ao longo de mais de quatro décadas.

Fernando Toste é formado em Cinema pela UFF. Como crítico, colaborou com publicações como Sinopse, Contracampo e Revista Cinética, entre outras. Organizou mostras e festivais e trabalhou no site Filme B como editor-assistente. Atualmente, dedica-se a projetos de cinema de sua produtora. Alfred Hitchcock foi sua primeira grande paixão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s